Busca Avançada
Notícias de Ubatuba
Entrevista - 26/06/2018
Profissionais da Educação participam de aprimoramento com espetáculo teatral
Capacitação complementa um dos eixos de trabalho da secretaria, realizado no primeiro semestre

Na próxima terça-feira, 26, profissionais da secretaria da Educação poderão contemplar a exibição da peça Marés– causos de um povo do sol. A apresentação na referida data será exclusiva a esse público e fará parte de uma capacitação, que deve contar com a presença do prefeito Délcio Sato (PSD).

A data escolhida para a apresentação do espetáculo, que acontece no Teatro Municipal, tem por objetivo aproveitar todo o cenário cultural da cidade nesta época do ano, uma vez que trata-se da semana da Festa de São Pedro Pescador – uma das principais celebrações do município, além de coincidir com o fim do primeiro semestre, agradecendo o empenho dos profissionais e os aproximando ainda mais deste universo.

A proposta da equipe de produção é fortalecer um dos pilares do projeto da secretaria denominado “Eu Conheço Ubatuba”, reproduzindo o sentimento de importância e preocupação com a formação dos educadores no que diz respeito à característica cultural da cidade e envolvimento com arte presente.

De acordo com a secretária Fatinha Barros, a pasta vem tentando desenvolver ações que contemplem o tema a fim de oferecer ainda mais conteúdo para que os profissionais tenham um repertorio maior.

Como o Teatro tem um número limitado de lugares, serão disponibilizados convites para as unidades, que devem distribuir para interessados que ainda não assistiram à peça – monitores, agentes educacionais, professores e até mesmo pais.

Eixos de trabalho

O Projeto »Eu conheço Ubatuba» é um dos quatro eixos de trabalho propostos pela Secretaria de Educação em 2018. Os outros são o fortalecimento da relação família e escola e a importância de trabalhar o projeto de Leitura e Matemática.

A peça

O espetáculo teatral Marés – causos de um povo do sol – de autoria do artista Bado Todão, terá nova apresentação em Ubatuba. A peça passa-se numa fictícia vila de pescadores artesanais do sudeste brasileiro em um remoto dia da década de 1960. A trama se desenrola na paisagem pitoresca da beira mar e nas lides do povo caiçara com os percalços do mundo isolado da época. A dramaturgia, concebida a partir de um sentimento poético, tem como fio condutor a simplicidade dos povos formadores e a estrita relação destes com os símbolos universais.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU
Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU