Busca Avançada
Notícias de Ubatuba
Entrevista - 13/06/2018


Campanha “Dois Bichos” leva equipes da secretaria de Saúde às escolas de Ubatuba
Objetivo é prevenir e tratar hanseníase e verminoses

As equipes da Vigilância em Saúde e de Estratégia de Saúde da Família de Ubatuba começaram nesta semana a campanha “Dois Bichos”, realizada em sete escolas da rede municipal. A ação tem o objetivo de identificar casos suspeitos de hanseníase e verminoses e encaminhar para tratamento, bem como conscientizar alunos, responsáveis, professores e demais funcionários sobre os sinais e sintomas dessas doenças e as formas de se proteger contra elas.

Para isso, são feitas palestras explicativas e uma escuta individual de cada estudante, bem como o preenchimento de ficha informativa de autoimagem e a realização de exames de contato para detecção de casos novos de hanseníase.

A hanseníase ou Mal de Hansen é uma doença causada pelo bacilo chamado Mycobacterium leprae e afeta os nervos e a pele. Se não for tratada, pode causar deformidades que muitas vezes levam ao isolamento social dos pacientes e à discriminação.

Já foram visitadas as escolas Padre José de Anchieta, no Sumaré (5/6), Prof. José de Souza Simeão, no Taquaral (6/6), Profª Maria da Cruz Barreto, no Perequê-Mirim, e João Alexandre, no Sesmarias (7/6) e mais de 450 alunos foram avaliados. Desse total, 14 apresentam manchas suspeitas e irão passar por avaliação médica na unidade de saúde do bairro. Também serão visitadas as escolas Nativa Fernandes de Faria (8/6), no Sertão da Quina, a escola da aldeia indígena Renascer, no Corcovado (8/6), e a EM José Belarmino Sobrinho, no Puruba (12/6). As áreas escolhidas são as de maior vulnerabilidade social e de risco elevado para essas doenças.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU
Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU