Busca Avançada
Notícias de Ubatuba
Esportes - 06/12/2017


Alunos da Apae participam de Surf Acessível em Ubatuba
Cerca de 60 alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ubatuba participam da terceira edição do Surf Acessível nessa quarta-feira, 06, a partir das 8 horas, na praia do Perequê Açu.
Iniciativa acontece há 3 anos e é uma parceria entre a instituição, a Escolinha Municipal de Surf e o PIC

Cerca de 60 alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ubatuba participam da terceira edição do Surf Acessível nessa quarta-feira, 06, a partir das 8 horas, na praia do Perequê Açu.

A atividade acontece em comemoração ao Dia Mundial da Pessoal com Deficiência, celebrado todos os anos no dia 3 de dezembro, e é uma parceria entre a instituição, a Escolinha Municipal de Surf e o Programa de Integração da Coletividade (PIC) – da secretaria de Educação.

“Esse é um evento realizado em parceria, unindo forças. É o terceiro ano que fazemos um dia com crianças adolescentes e adultos da Apae, Já estamos visualizando 2018, ano em que teremos a estrutura das sedes das Escolinhas de Surf do Pereque Açu e Praia Grande e, quem sabe, isso deixa de acontecer somente uma vez por ano e se torna algo rotineiro. A ideia é que se torne algo semanal”, comentou o coordenador do setor de Surf da secretaria de Esportes e Lazer de Ubatuba, Fábio Lima.

“A experiência de vivenciar a pratica do surf para eles é uma sensação inexplicável.

Estar em contato com o mar, esperar a onda, ficar em pé e vê que conseguiram o objetivo proposto pelos instrutores é uma alegria que contagia todos ao redor. Esperamos que essa parceria para o próximo ano vire rotina para nossos alunos”, entusiasmou-se a professora de Educação Física da Apae, Veronica Kedzuh Rich Neta.

Lima ainda lembrou que os alunos da Apae terão a oportunidade durante as aulas convencionais da escolinha, justamente, para ter uma integração, viabilizando a inclusão social.

PIC

O PIC é um dos projetos que integra o Departamento de Formação Continuada e Educação Especial da Prefeitura de Ubatuba, criado em 2013, com o objetivo de organizar uma política pública municipal para alunos com necessidades educacionais especiais – como transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU 
Fonte: Fonte: Secretaria de Comunicação Social / PMU